6 de agosto de 2006

Dia de Treinamento


Hoje é dia do mais puro e doce mainstream e o filme em questão é o bacana Dia de Treinamento. O diretor Antoine Fuqua (ele começou fazendo clipes da emblemática banda de rap Arrested Delevopment, mas infelizmente perdeu a linha e hoje se contenta com blockbusters do segundo escalão) sabe dar o ritmo adequado ao filme. Dizem também que o roteirista David Ayer, por ter sido morador dos guetos mais barra-pesada de L.A, sabia muito sobre o universo que escreveu.

Para quem não conhece a estória, a trama é a seguinte: Jake Hoyt (Ethan Hawke) é um policial exemplar que tem a chance de entrar para o Departamento de Narcóticos da Polícia de Los Angeles. Para isso terá de ser avaliado pelo experiente detetive Alonso Harris (Denzel Washington) por um período de 24 horas. O problema é que o detetive se mostra sarcástico e adepto de um estilo nada convencional de fazer valer a lei. Com algumas reviravoltas - bem previsíveis, por sinal – o espectador vai descobrindo que Alonso é muito mais que um tira com tendências à corrupção.

O elenco está, no mínimo, afiado. Denzel Washington está bem à vontade e esbanja carisma no papel de vilão. O ator realmente enche a tela com sua presença. Hawke também não faz feio. Vale a pena ainda creditar as participações do sempre bacana Scott Glenn como o traficante Roger, do decadente Tom Berenger - em um papel que depois descobrimos ser de menor importância - e do talentoso Cliff Curtis como um bandidão latino.

Em suma, Dia de Treinamento é uma diversão sem maiores pretensões. Propõe uma ou outra discussão que não resistem a dois minutos de reflexão, mas o seu forte é mesmo o entretenimento. Um passatempo rápido, ágil e muito bem realizado. Veja sem moderação, e não esqueça a pipoca.

Ponto Alto: a agilidade na edição nunca deixa o ritmo cair. Para a proposta do filme, isso é fundamental.

Ponto Baixo: a participação de Dr. Dre como um policial corrupto. Um desastre como ator.

4 Comments:

Blogger wilson said...

Dia de treinamento é realmente muito bom, talvez o único filme do Fuqua digno de nota.

To interessado mesmo no filme que você falou aí embaixo, o do Rob Zombie, ouvi falar muito bem dele, mas nunca achei nas locadoras (só o dos 1000 cadaveres, que parece que não é tão bom quanto). acho que o jeito vai ser aapelar para a internet...

10:38 PM  
Blogger Juarez Junior said...

Grande Wilson. Quanto ao Fuqua, a exepctativa virou decepção...Infelizmente!

Aqui em Bsb o Rejeitados pelo Diabo é fácil de achar. Vale a pena o esforço!

11:30 PM  
Anonymous Eduardo Aguilar said...

Cara, dei bobeira e vc. andou postando bastante. Dos filmes postados e q. vi desde o 'post' de "supervixens" (q. nunca vi -hehehe), eu adoro a comédia de Landis e acho q. vc. tem razão, muitas piadas não funcionam e o filme é bem ingênuo, mas é deliciosamente anarquico. Dá vontade de ver os filmes de Rod Zombie, mas eu confesso, assisti um trecho de "Dia de Treinamento" na tv e fiquei bem impressionado, mas algum compromisso me impediu de seguir assistindo, e confesso mais ainda, eu curti o "Rei Arthur", não é nenhuma obra-prima mas diverti legal e tem uma das gdes batalhas recentes na telona, q. é seq. do gelo.

11:48 PM  
Blogger Juarez Junior said...

Eduardo, meu camarada. Pois é, tô tentando manter o blog com atualizações semanais. Vc fica meio desanimado, mas vem os comentários de amigos (como vc) que dividem a mesma paixão pelo cinema... Essa é a grande motivação. Acredita que nem vi Rei Arthur? Criei um PREconceito pelos comentários negativos, acho que com seu aval vou enfim ver o filme, então. Depois te falo o que achei.
Abraço e vc sabe que é sempre muito bem-vindo por aqui.

9:37 AM  

Postar um comentário

<< Home