24 de julho de 2006

Clube dos Cafajestes


Realizado em 1978, por um novato John Landis (um dos grandes nomes do cinema americano nos anos 80) este Animal House foi um dos pioneiros em comédias sobre estripulias na vida estudantil. Muitas piadas grosseiras e humor físico no melhor estilo pastelão, mas muito charme e uma certa irreverência inocente, o que torna difícil não rir das bobagens aprontadas pelos cafajestes. Temos ainda a presença da lenda John Belushi, que alterna momentos engraçados com tiradas bem fraquinhas, mas que pelo carisma vale a conferida no filme.

Baseado nas experiências vividas pelo roteirista Chris Miller e publicadas na revista National Lampoon, a estória é um pretexto para o desfile de aprontações em uma fraternidade universitária na Pensilvânia de 1962. Liderada pelo bonitão Eric Stratton (Tim Matheson), a comunidade Delta tem como única regra a diversão, leia-se bebedeira e mulherada. Ainda vale ressaltar que no reino dos deltas não há qualquer tipo de discriminação. Nerds e desajustados em geral são bem-vindos - olha que altruísmo!

O espectador entra na comunidade pela porta da frente na companhia de Larry Krueger (Tom Hulce, ele mesmo!) e de Kent Dorfman (Stephen Furst). Logicamente as estripulias não agradam a todos. Entra em cena o diretor Wormen (John Vernon), que se une à comunidade careta e arrogante dos ômegas - liderada pelo panacão Greg (James Daughton) - para expulsar os bagunceiros da universidade. Logicamente, a turma acaba expulsa e têm de arrumar uma maneira de voltar. Não temos aquele clipe de superação que antecede o clímax (arghhh!), uma vez que os alunos não têm que tirar boas notas ou provar algum talento para serem aceitos de volta na universidade. Eles entram pela porta dos fundos, pois fazem uma grande algazarra em um desfile comemorativo na cidade.

Com certeza, você já viu antes, mas não com tamanha originalidade. Verdade que várias piadas são um fracasso completo e que algumas das brincadeiras são de puro mau gosto, mas como diversão este Clube dos Cafajestes continua impagável! Além disso, temos a presença de Donald Sutherland como um professor riponga e Kevin Bacon no papel de um mauricinho. O filme também não se importa em ser politicamente correto, e isso hoje é importante, diante da caretice da maioria das produções feitas para o grande público! Bobo, divertido e nostálgico como uma brincadeira juvenil.

Ponto Alto: a entrada dos amigos em um bar negro.

Ponto Baixo: a musiquinha Animal House que aparece nos créditos finais é bem fraquinha!

6 Comments:

Blogger Alexandre said...

O meu filme favorito na adolescência. Infelizmente quando eu entrei na faculdade, tudo foi muito certinho...:D

8:06 PM  
Anonymous Felipe M. Guerra said...

Esse é um dos meus filmes preferidos até hoje! Me mijo de rir com os personagens de John Belushi e Tim Matheson (porra, o cara come a mulher do reitor!). E o filme está cheio de cenas antológicas, tipo a festa da toga e o Tom Hulce na dúvida se manda ver na gatinha embriagada ou não (cena cortada quando o filme passava na Globo). Clássico, clássico, clássico. O melhor dos filmes de baixaria adolescente na faculdade de todos os tempos!!!

7:44 AM  
Blogger Juarez Junior said...

Alexandre, um grande abraço! Também tive a mesma sensaçao que vc. Eita decepção. rs

Felipe, valeu pelo comentário. Cara, vc sabe que acompanho suas críticas desde os tempos do Boca do Inferno. Seu fã de carteirinha. Grande abraço!

2:41 PM  
Blogger MarleI said...

Fala Junior, blz véi?
Ou cara não assisti esse ainda, mas sou fã de John Belushi. As imitações dele no Saturday Night Live são lendárias e ainda tem a atuação dele e de Dan Aykroyd em "Irmãos Cara-de-Pau".
Valeu, um abraço!!!

4:19 PM  
Blogger Juarez Junior said...

Grande Marlei. Tô acompanhando teu blog, hein? Mas meus palpites na Copa foram um fracasso total. Abração!!!

9:34 PM  
Anonymous Anônimo said...

Alguém sabe sobre um filme antigo do JAMES BELUSHI no qual ele morria e ia para o céu. Lá ele revia suas vidas passadas e era julgado por seu atos aí no final do filme ele vai pegar um ônibus que decice se ele vai reencarnar ou evoluir (?)... Algo assim. Estou atrás deste filme há um tempão mas ninguém conhece... vc já viu?

Marcelo Paulino

11:13 PM  

Postar um comentário

<< Home