3 de maio de 2007

Inverno de Sangue em Veneza


Quando falamos de cinema e nos referimos a palavra cult, deveria haver uma foto de Donald Sutherland e Julie Christie em Don’t Look Now. Filmaço obscuro dirigido por Nicolas Roeg em 1973. Por que o filme é tão cult? Simples – trata-se de uma produção tão acertada que simplesmente criou um conceito quando falamos do cinema de suspense. Vários elementos viraram referências e é uma obra tão complexa em sua simplicidade (essa foi forte) que não podemos enquadrá-lo em um gênero cinematográfico simplesmente. Seria o mesmo que limitar o potencial de O Poderoso Chefão dizendo que a saga Corleone é um filme policial.

Em Don’t Look Now acompanhamos a luta do casal John e Laura Baxter em superar a morte da filha. Eles são ingleses, mas estão em Veneza, onde ele está trabalhando como restaurador de uma igreja. O primeiro contato estranho ocorre com uma dupla de irmãs interioranas em um restaurante. Uma das irmãs é cega e diz ter poderes mediúnicos e que teria visto a filha do casal sorridente ao lado deles. Laura fica deslumbrada e vai querer saber mais sobre o assunto. A trama vai evoluindo como um suspense sobrenatural sob a batuta de um cético. Coisa de profissional. Surgem outros personagens, e a perturbadora visão de uma garota de capa vermelha (a filha morreu afogada em um lago com um impermeável vermelho) perpassa toda a trama e intriga não só os personagens. O espectador é absorvido e acaba por compartilhar com o casal a angústia por uma perda tão significativa.

A trama é envolvente, mas os aspectos técnicos são primorosos. A música se encaixa perfeitamente ao roteiro, isso sem dizer que são composições belíssimas. E uma Veneza cinza e compacta, cheia de vielas e pequenos labirintos, serve para encher a tela em uma fotografia de tirar o fôlego. O final é instigante, entretanto confesso que fiquei um pouco decepcionado neste momento. Isso é detalhe em um filme feito muito mais de acertos, escolhas perfeitas como a empatia de Sutherland e Christie que fazem de Inverno de Sangue em Veneza um item obrigatório na coleção de quem aprecia cinema de verdade. Não por acaso, objeto de tantas referências.

Ponto Alto: a cena de sexo entre o casal principal, no melhor estilo fusão dos corpos, é de arrepiar.

Ponto Baixo: o início do filme quando vemos a angústia do pai em tentar salvar a vida da filha dá nó na garganta mesmo no mais bruto dos cafajestes. A cena é estupenda, mas a transição com o grito agudo da mãe ao ver a filha morta é um pecado. Seria bom ver Christie destilar talento neste momento tão intenso.

7 Comments:

Anonymous Eduardo Aguilar said...

O filme já existe em dvd nacional??? Em caso afirmativo, gostaria de tê-lo em minha coleção, sou fã incondicional!

10:32 PM  
Blogger Juarez Junior said...

Fala Eduardo. Cara, pelo que eu sei não existe uma versão nacional. Pra variar, né?!
Mesmo assim, o DVD importado original, como legendas em inglês, está com um preço satisfatório na CDPOINT. Agora, reza uma lenda urbana que tem uma versão com legendas e menus em português (luso) e holandês...

10:21 AM  
Anonymous Juliana said...

Eduardo, este filme adquiri na loja eternellevideo.com. Eh muito bom mas possui somente legendas em inglês.

12:41 AM  
Anonymous Paulo said...

Achei seu texto muito vago. Tem muitos elementos subjetivos - "Por que o filme é tão cult? Simples – trata-se de uma produção tão acertada que simplesmente criou um conceito quando falamos do cinema de suspense. "(...)

Até o final do parágrafo acima, nada é concreto. Depois vem uma pequena descrição sobre um casal que perde a filha e se encontra com irmãs. A partir daqui, volta-se ao subjetivo: " A trama vai evoluindo como um suspense sobrenatural sob a batuta de um cético."
O que acontece depois de conhecer essas irmãs?

Ou seja, me deu a impressão que o filme não é interessante.

Provavelmente vou baixar o filme, mas já acho que não é bom.

5:02 PM  
Blogger Juarez Junior said...

OK Paulo. Mas estamos falando de um suspense, e ficar contando detalhes do filme pode não ser a melhor alternativa para uma crítica. Talvez por isso o texto seja tão subjetivo. Mas, a despeito de tudo, Don't Look Now merece ser descoberto.

7:54 PM  
Blogger Tmangia said...

eu tenho uma cópia desse filme, importado com legendas embutidas em portugues. Há circulos de troca entre fas de terror que, entre alguns, possuem em seu acervo filmes não lançados no brasil que foram adicionados legendas em pt sem ter alteração no video e nos menus originais. minha lista está em http://www.bootlegcentral.xpg.com.br/

3:49 AM  
Anonymous Anônimo said...

Existe 99,9 % de chance do dvd sair em janeiro do ano que vem pela distribuidora de filme raros Lume.

9:52 PM  

Postar um comentário

<< Home